quarta-feira, 19 de novembro de 2014

LOCAIS DE MANIFESTAÇÕES PELO IMPEACHMENT DE DILMA EM 29 NOV

BRASIL E VENEZUELA, A CADA DIA MAIS PARECIDOS

Após as eleições, verificou-se um Brasil dividido, e se levarmos em consideração os votos  da oposição, somados aos dos que não foram às urnas, constata-se que os votos dados à presidente Dilma foram inferiores à metade do eleitorado brasileiro, portanto temos sim um Brasil divido, sendo também perceptível  que o nosso país fica a cada dia mais parecido com a Venezuela, país que após suas últimas eleições, desde os primeiros tempos do Ex-presidente venezuelano Hugo Chávez, também saía das urnas com números semelhantes aos que deram à reeleição à presidente Dilma, inclusive com fortes suspeitas de fraudes eleitorais.
 
Recentemente o Presidente Venezuelano, Nicolás Maduro, parabenizou Dilma pela reeleição e em um  discurso carregado de ideologia antiliberal, quando também aproveitou para afirmar que a vitória de Dilma seria mais um passo no processo de implementação da "Revolução Bolivariana" na América do Sul, portanto salta à vista que a Venezuela, a Bolívia e o Equador, países seguidores do "bolivarianismo", vêem o Brasil como aliado nesse processo.
 
Olhando para a Venezuela vemos um país em forte crise social, política e econômica, um país com  restrições à imprensa e às liberdades democráticas, com falta de produtos básicos, afugentando os investidores, com inflação anualizada em mais de 60%  e outros péssimos indicadores econômicos, cujas similaridades com o Brasil começam a assustar, haja vista estarmos com inflação crescente, a taxa de investimento em queda há anos, os juros subindo, a fim de conter a inflação, e o sinal mais contundente: O iminente início dos enfrentamentos nas ruas entre petistas e antipetistas.
 
Na Venezuela, pode-se observar os "Bolivarianos" e os Liberais se digladiando nas ruas, além dos embates mútuos nas redes sociais, em uma espiral de conflitos que vem resultando inclusive em agressões físicas e mortes nas ruas de Caracas, fatos que servem para confirmar que a cada dia o Brasil se parece mais com a Venezuela, bastando notar que os antipetistas  já estão nas ruas do Brasil reivindicando o impeachment de Dilma e os petistas, também nas ruas, agora querem uma nova Assembleia Nacional Constituinte, além dos alarmantes plebiscitos sobre itens das reformas políticas e econômicas, portanto há que se reconhecer esse estado de atenção e agir, a fim de preservarmos as liberdades democráticas e econômicas dos brasileiros.
 
MELQUISEDEC NASCIMENTO - CAP PM
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES AUXILIARES E ESPECIALISTAS
 
LOCAIS DE MANIFESTAÇÕES PELO IMPEACHMENT DE DILMA EM 29 NOV

14:00h São Paulo-Av. Paulista-frente ao Masp
14:00h RJ-Praia de Copacabana, em frente Copacabana Palace
14:00h Minas Gerais-BH-na Praça Sete de Setembro
14:00h Espirito Santo-na UFES
14:00h Goiás-Goiania-Parque Vaca Brava
14:00h Porto Alegre-Parcão(frente ao moinho)
14:00h Teresina-Igreja São Benedito
14:00h Brasilia-Esplanada dos Ministérios
14:00h Fortaleza-Av. Barão de Sturdart - Palácio da Abolição
14:00h Curitiba-Av. Luiz Xavier - Rua das Flores - 80020-200
14:00h Limeira-Praça Toledo Barros, em frente a gruta
14:00h Valinhos-Próximo a Rodoviária
14:00h Jundiai-Em frente ao Parque da Uva
Sábado, 29 de novembro às 14:00
Bento Gonçalves (RS): 14:00, em frente à Prefeitura Municipal
Dourados (MS): 14:00, na Praça Antônio João
Campinas (SP): 14:00, em frente ao Largo do Rosário
Campo Grande (MS): 14:00, na Praça do Rádio
Novo Hamburgo (RS): 14:00, Praça do Imigrante
Londrina (PR): 14:00, na Av. Higienópolis
Cuiabá (MT): 14:00, em frente à Prefeitura Municipal
Rondonópolis (MT): 15:00, Praça Brasil - Centro
Santos (SP): 14:00, na Praça Independência
Canoas (RS): 14:00, na Praça do Avião em frente à BR-116
Palmas (TO): 14:00 na Praça dos girassóis
Taubaté (SP): 14:00 na Praça Santa Terezinha
Balneário Camboriú (SC): 14:00, na Praça Almirante Tamandaré
Juiz de Fora (MG): 14:00, no Parque Halfeld
Ribeirão Preto (SP): 15:00, na Avenida Presidente Vargas
Pelotas (RS): 14:00, em frente à Prefeitura Municipal
Caxias do Sul (RS): 14:00, na Praça Dante Aliguieri
Passo Fundo (RS): 14:00, na esquina da Brasil com a Bento Gonçalves (em frente ao Banco do Brasil)
Ponta Porã (MS), 14:00, na Avenida Brasil
Salvador (BA), 14:00, Farol da Barra - mobilização camisa preta
Joinville/SC, 14:00, Praça da Bandeira - Rua 9 de março
Chapecó/SC, 14:00, Praça Central - mobilização camisa preta
Florianópolis/SC, 14:00, Rua TICEN - No Centro
Rio Branco/AC, 15:00, Parque Tucumã
Natal/RN, 14:00, Praça Cívica de Natal
Maceió/AL, 9:00, Feirinha de Artesanato Pajuçara
Campina Grande/PB, 14:00, Parque do Povo
Recife/PE, 14:00, Quartel do Derby
Aracaju/SE, 14:00, Praça Camerindo
Blumenau/SC, 14:00, Rua XV novembro - Igreja Matriz
Manaus/AM, 14:00, Largo de São Sebastião
São Luís/MA, 14:00, Praça do Pescador - Avenida Litorânea
Cascavel/PR, 14:00, Igreja Catedral - Calçadão
Petrolina/PE, 14:00, Concentração no Portal da Orla
Santa Maria/RS, 14:00, Praça Saldanha Marinho
Americana/SP, 14:00, Praça Comendador Müller
Dracena/SP, 14:00, Praça Arthur Pagnozzi
Marília/SP, 14:00, Avenida Sampaio Vidal - em frente à Prefeitura
Piracicaba/SP, 14:00, Rua Armando Salles de Oliveira, nº 13419
Porto Velho/RO, 14:00, Praça da EFMM - Estrada de Ferro Madeira Mamoré, Camisas Preta, Verde, Amarela, azul, branca
 

domingo, 16 de novembro de 2014

FOTOS DAS MANIFESTAÇÕES PELO IMPEACHMENT DE DILMA - 15 NOV


SÃO PAULO

 
SÃO PAULO


SÃO PAULO
 
 
RIO DE JANEIRO

 
RIO DE JANEIRO 

 
RIO DE JANEIRO
 
 
BELO HORIZONTE

 
BELO HORIZONTE
 
 
MACEIÓ

 
MACEIÓ
 
 
CURITIBA

 
CURITIBA


FOZ DO IGUAÇU - PR

sexta-feira, 14 de novembro de 2014

O CAFÉ FILOSÓFICO DO COMANDANTE GERAL DA PMERJ

Uma matéria do jornal O Globo de hoje(14), intitulada "Filosofia numa hora dessas....", informa que o Comandante Geral da Polícia Militar do Estado do Rio de janeiro(PMERJ), Cel Íbis Silva Pereira, "surpreendeu a tropa ontem ao convidar o Coronel Frederico Caldas, Coordenador das UPPs, e todos os 38 comandantes de UPPs para um Café Filosófico".
 
O jornalista que assina a matéria, Antônio Werneck, acertou em cheio ao dizer que o Coronel Íbis "surpreendeu a tropa", porém quero acrescentar que o Comandante Geral da PMERJ surpreendeu também o próprio jornal O Globo, pois segundo a Charge que ilustra a matéria, bem como seu título, parecem nos fazer crer que filosofar, isto é, ser um amigo do conhecimento, da sabedoria, não seria "coisa de PM". Sim, o Cel Íbis surpreendeu a todos ao iniciar um processo de valorização do conhecimento no exercício da atividade Policial-Militar, inclusive convidando seus subordinados, em vez de convocá-los.
 
O Café Filosófico nada tem de inusitado, na verdade ele é chamado nas grandes corporações privadas de "Café com o Presidente", quando o nível estratégico das Organizações procura monitorar diretamente em que patamar estão a percepção, a satisfação e a motivação de seus "colaboradores", ou seja, seus empregados. O fato das grandes organizações denominarem hodiernamente seus empregados de "colaboradores", deixa patente uma visão da necessidade da valorização do ser humano, portanto o que o Cel Íbis está fazendo, nada mais é do que implementar na PMERJ um modelo de gerenciamento estratégico já utilizado nas grandes organizações, a fim de monitorar o chamado Clima Organizacional da Corporação, a fim de tomar decisões estratégicas.
 
Trata-se de uma iniciativa que visa dar os primeiros passos para mudar a cultura organizacional da PMERJ, caracterizada pelo tripé "tiro, porrada e bomba", tão criticado pela imprensa e sociedade, para a cultura do conhecimento, do aprimoramento técnico-profissional contínuo, da devida valorização do cidadão e do ser humano Policial Militar, com o escopo de despertar a necessidade do diálogo dentro da Corporação, bem como de preparar o Policial Militar para saber ouvir, dialogar e agir somente dentro da lei, quando do trato com o cidadão, portanto há que se lamentar a forma jocosa com que o "café filosófico" foi divulgado pelo jornal O Globo, manifestando um preconceito inaceitável, dando a entender que ser amigo do conhecimento não seria coisa de PM.
 
Quando a alusiva matéria jornalística salienta " Filosofia numa hora dessas", nos leva à seguinte questão: Quando seria então o momento exato para termos uma Polícia inteligente? Quando, então, seria o momento exato para implementarmos na Corporação os conceitos da moderna administração, característicos da sociedade do conhecimento? Conhecimentos, Habilidades e Atitudes não seriam "coisas de PM"? Afinal, qual é a Polícia Militar que a sociedade e a imprensa deseja?
 
MELQUISEDEC NASCIMENTO - CAP PM
PRESIDENTE DA ASSOCIAÇÃO DOS MILITARES AUXILIARES E EXPECIALISTAS