terça-feira, 30 de outubro de 2007

JOBIM DEVERIA HOMENAGEAR O CEL GELIO FREGAPANI E NÃO AFASTÁ-LO


A Associação dos Militares Auxiliares e Especialistas - Amae vem a público se manifestar sobre os graves incidentes que vem ocorrendo no norte do Brasil, principlamente no estado de Roraima,bem como sobre o afastamento do Cel Gelio Fregapani da área do serviço de inteligência na região Amazônica .

Relatórios de Inteligência produzidos no Brasil dão conta que por trás da suposta defesa dos índios e escondidos sob a fachada de ONGs, estão grupos e países interessados nas riquezas minerais existentes no subsolo das reservas indígenas localizadas na fronteira norte do país. O mais elucidativo relatório de inteligência foi o do GTAM, Grupo de Trabalho da Amazônia, formado por representantes da Abin, das Forças Armadas e da Polícia Federal. O documento levanta fortíssimas suspeitas de espionagem na Amazônia por parte de nações estrangeiras, capitaneadas pelos Estados Unidos, cuja presença militar na América do Sul é um dos itens de maior preocupação do relatório, que assim informa a situação:

" Um componente relativamente novo na questão da segurança da região amazônica brasileira é a crescente presença de assessores militares estadunidenses e a venda de equipamentos sofisticados às Forças Armadas colombianas,pretensamente para apoiar os programas de erradicação das drogas, mas que podem ser utilizados no combate às FARC(Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia) e ao ELN(Exército de Libertação Nacional). A presença militar estadunidense, que já se estende à Guiana, ao Equador, ao Peru, à Bolívia e, recentemente, ao Paraguai - aproveitando-se do vazio de nossa política externa em relação àquele país - por meio da utilização de bases militares, poderá se expandir a outros países sul-americanos para transformar a luta contra as drogas(e contra as FARC e o ELN) em uma empreitada militar sul-americana, e não apenas colombiano-estadunidense. O plano provavelmente faz parte da estratégia dos EUA para assegurar presença militar direta na região andino-amazônica e no cone-sul, em torno do Brasil."

Ademais, o mesmo relatório de inteligência do GTAM informou ao Presidente Lula que " o governo Hugo Chávez sofre os efeitos de uma operação internacional da mídia que procura caracterizá-lo como louco e ditatorial" , o que não por coincidência, são as mesmas argumentações utilizadas pelo governo estadunidense contra Chávez. As Organizações Não-Governamentais(ONGs), algumas controladas por governos estrangeiros,adquiriram enorme influência na região amazônica,na maioria das vezes usadas em benefício da política de suas nações de origem, em detrimento do Estado Brasileiro.

Para assombro da comunidade de inteligência, o Ministro da Defesa Nelson Jobim,afastou o coronel GELIO FREGAPANI, que chefiou o GTAM e que vem alertando a nação sobre os perigos do que vem ocorrendo no norte do Brasil. A grande verdade é que o Coronel Fregapani em vez de ser afastado, deveria é ganhar uma medalha, em reconhecimento pelo seu labor intelectual em favor da soberania brasileira na Amazônia.

TENENTE MELQUISEDEC NASCIMENTO
PRESIDENTE DA AMAE

14 comentários:

Anônimo disse...

A Amazônia já esta vendida a muito tempo. O país Ianomani já figura em vários mapas americanos.

Anônimo disse...

"Brasil,um país de todos". Não foi sempre assim?

Anônimo disse...

Está mais que provado que o Brasil não tem Força de Defesa Nacional, a começar pelo seu incompetente chefe que recebe dos cofres da Nação para fingir-se de ministro. Se deixarem,(e estão deixando) esse cidadão, com incondicional apoio do seu chefe-mor, vai levar o Brasil a perder a Amazônia.
Aliás, nem sei se este País merece possuí-la para mutilá-la como vem fazendo.

DOM KARLOSOL disse...

Os fatos estão ai, e muita coisa em andamento. Será que nesse país não tem ninguém para tomar a frente de um movimento de salvação nacional, pois estar claro que o governo atual estar cometendo crime de traição, o perigo estar no governo que toma decisão sem nenhum patriotismo.

Estamos caminhando e rápido para um futuro negro no horizonte do nosso Brasil patrocinado pelo próoprio governo. Isso é ingenuidade, burrice ou o quê.

MAURÍLIO CALLIPO disse...

Hoje, 28/08/2008, lendo a matéria publicada desde o ano passado, vejo que a mesma foi profética, como foi meu trabalho da EGN em 2003 (e que foi taxado de anti-americano)sobre este mesmo tema, com conclusões semelhantes às da matéria em tela. Ontem o ministro relator do processo no STF deu ganho de causa à demarcação contínua. Por sorte, foram pedidas "vistas" ao processo por um outro ministro, e agora ele, o processo, encontra-se suspenso. Temos que fazer uma pressão violenta já, antes que seja tarde demais, com a convocação de presença física em Brasília, das entidades que são contra esta espúria demarcação pretendida pelas potências centrais, através das do patrocínio de ONG (estrangeiras e algumas nacionais), CIMI e este governo entreguista que está aí. Devemos pressionar, também, este Congresso corrupto para que não endosse o entreguismo contido na assinatura da Carta da ONU sobre os direitos indígenas.
Solidarizo-me com o Cel Fregapani em sua entrevista recente à Folha de S. Paulo, e coloco-me à disposição para lutar, de arma em punho se necessário, contra essa vergonha nacional.
Ad Sumus.

Anônimo disse...

esse cornem fregapani tem idéias absolutamente estupidas, se considera mestre em biologia, economia, relaçoes internacionais e antropologia, mas é apenas um imenso demagogo que tenta impor a cultura do medo e da raiva contra tudo e todos que nao sejam idênticos a ele ou a seu pensamento tacanho e irreal.

Anônimo disse...

Senhor Anônimo,

Pelo teor de suas colocações,por sua linguagem culta e polida e por sua fluência em agredir, já sabemos quem é o "imenso demagogo que tenta impor a cultura do medo e da raiva contra tudo e todos que nao sejam idênticos a ele ou a seu pensamento tacanho e irreal."
O CORONEL Fregapani é um dos poucos patriotas que restam neste caldeirão de vergonha que está se tornando nosso pais.Tenha o senhor, algum dia, o privilégio de conhecer o Coronel Fregapani, e aí então poderá reconhecer sua ignorância a respeito dele e pedir desculpas.

PS disse...

Deparei-me hoje com a matéria sobre o desagravo ao Cel Gelio Fregapani, que, sem aprofundar-me no assunto, sei que tem, no mínimo, merecimento de revisão da medida tomada pelo Ministro Jobim. Entretanto, no intuito de preservar a verdade dos fatos, recomendo revisar a inclusão do mapa do Brasil no citado blog, eis que se trata de reconhecido hoax, inexistindo a versão verídica do livro-texto escolar de onde alegadamente teria sido retirado. Ver, a esse respeito, os portais
http://strangemaps.wordpress.com/2007/12/06/216-us-annexes-amazon-forest/
e
http://junglebook.contraditorium.com/2006/12/09/the-amazon-hoax-a-textbook-case-literally/
que explicam o assunto com suficiente detalhe para reconhecermos que se trata de matéria "plantada" na Internet, como outras tantas mentiras, a exemplo do caso da empresa fictícia Arkhos Biotechnology, factóide criado pela AMBEV que causou repercussão, inclusive no Senado Federal (ver matérias a respeito), até que fosse desmmascarada. Reitero que não condeno, em momento algum, a cautela que os cidadãos brasileiros, os poderes constituídos e as Forças Armadas têm de manter contra qualquer ameaça à nossa soberania. E sabemos que a nossa soberania se encontra ameaçada, não será o relatório do Cel Gelio Fregapani o primeiro a demonstrá-lo. Entretanto, é nosso dever, como cidadãos conscientes, buscarmos sempre os fatos para fundamentar os nossos questionamentos, sob pena de perdermos a razão e, mesmo, tornar-nos ridicularizados e, conseqüentemente, enfraquecidos em nossas posições, por mais justas que sejam. Observe-se, afinal, que esses hoaxes são, sem dúvida alguma, objeto de observação por entidades estrangeiras, especialmente no que tange a sua aceitação ou não pelos navegadores da Internet. Isso, entretanto, não invalida o nosso permanente compromisso com a verdade – caso contrário, estaremos, tão-somente – fazendo uso das armas do inimigo.

CANDIRUU disse...

O Senhor Hélio Fregapani foi sabiamente afastado pois é um reacionário. Concordo com ele em alguns pontos de vista, mas discordo em muitos outros. Principalmente quando persegue a candidata a presidência Marina Silva. As palavras desse senhor claramente deixam transparecer uma generosa dose de ódio descabido por alguém que só quer preservar o que ainda resta do nosso patrimônio ambiental. Não sou contra o progresso e nem tão pouco concordo com a ineficiência e corrupção que impera na maioria dos orgãos públicos federais, inclusive no Ibama. Na minha opinião e também na de milhões de brasileiros a amazônia tem seu papel estratégico e deve ser protegida e administrada pelas forças armadas. A questão da necessidade da região possuir estradas asfaltadas facilitando o translado de riquezas e a mobilidade das nossas tropas para defender esse rincão do Brasil é um fato incontestável, mas se isso ocorrer sem que as forças armadas controlem com pulso forte a região estaremos apenas acelerando o processo de ocupação desordenada e a consequente degradação ambiental. A região deve ser vigiada e a presença de tropas deve ser intensa para coibir os madeireiros, piratas biológicos e controlar a presença de estrangeiros inclusive das FARCS que tiram proveito da atual condição de total abandono. O Brasil daria um exemplo para o mundo cuidando melhor do que é seu. Ao invés de construirem hidroelétricas na região porque não explorar a energia nuclear? Pelo fato da região ter uma baixa densidade demográfica seria ideal para se implantar tais projetos, devidamente controlados pelas forças armadas para evitar o risco de ataques terroristas. Esse seria o principal legado das forças armadas para a nação, eternizar nosso patrimônio biológico ainda desconhecido e garantir a nossa soberania.

Anônimo disse...

Observado desde fora do Brasil: 2010 - no Brasil, e a maioria dos paises da America Latina, - a direita e esquerda CONCORDAM: Os ONGs dos EUA e da Europa que estao infiltrados no Brasil e na America Latina, tem a missao do "controle" geopolitico/estrategico/economico para os EUA e a OTAN-Europa. E preciso um esforco nacional e continental de repatriar/deportar os ONGs dos EUA e da NATO-Europa, de volta para "casa" nos EUA e Europa para que apoiam seus povos la nos EUA e na Europa onde ha problemas de desemprego e discriminacao contra minorias etnicas.

Albuquerque disse...

Concordo com o relatório do Cel Fregapani, com o Gen Andrade Nery,Gen Augusto Heleno e Gen Santa Rosa, sobre o que está acontecendo na Amazonia que também conheço.Devemos ter um Ministro da Defesa Militar pois os civis que até agora chefiaram de nada entendem. Não preciso usarou escolher uma identidade pois serví ao meu Exército com honra e sem medo. Hoje aos setenta anos ainda sou o ten R2 Érico ALBUQUERQUE Silveira, ainda pronto.ID 7G 160486.

heberabispo disse...

morte aos traidores da patria!serra e fernando henrique primeiro,fregapani a um patriota e como sabemos no brasil os patriotas sao execrados sempre,brasil acima de tudo!

Anônimo disse...

Quero aqui parabenizar o Cel Fregapani pela sua luta incansavel pela luta da Amazonia. Faltam brasileiros como ele em lutar e acreditar que o Brasil é dos brasileiros e não das ONG`s estrangeiras para tomar o pedaço do nosso pulmão. Brasileiros acordam!!!!!

Augusto J S Campello disse...

Pois é. Os indigenas a serem protegidos com a criação da Reserva Raposa do Sol...se transformaram em mendigos. E agora? Aonde havia uma atividade agrícola, hoje se forma um deserto humano. Talvez o o bjetivo fõsse mesmo este.
Quanto ao G Fregapani, conheci. Boa gente, idealista. Parece que passaram o trator petista nele. A J S Campello