domingo, 9 de dezembro de 2007

OFICIAIS DAS FORÇAS ARMADAS DÃO BAIXA PARA TENTAR OUTROS CARGOS

8 comentários:

Anônimo disse...

Se para os oficiais das Forças Armadas não está bom, imagine das Forças Auxiliares do Estado do Rio de Janeiro (Polícia Militar e Corpo de Bombeiros Militar).

Quem está na PMERJ e no CBMERJ também deve DAR BAIXA PARA TENTAR OUTROS CARGOS.

O Estado de Goiás tem uma Política de equiparação salarial entre a Polícia Militar e a Polícia Civil.

Cargos de PM/BM - Correspondência PC
Coronel = Delegado de Polícia de classe especial
Tenente-coronel = Delegado de Polícia de primeira classe
Major = Delegado de Polícia de segunda classe
Capitão = Delegado de Polícia de terceira classe

Interticios da PMGO:
Cinco anos como Soldado PM;
Quatro anos na graduação de Cabo PM;
Três anos na graduação de Terceiro-Sargento PM
Três anos na graduação de Segundo-sargento PM;
Três anos na graduação de Primeiro-sargento PM;
Dois anos no posto de Segundo-Tenente PM
Três anos no posto Primeiro-Tenente PM
Quatro anos no posto de Capitão PM
Três anos no posto de Major PM
Três anos no posto de Tenente-Coronel PM

Anônimo disse...

PORQUE MEREÇO RECEBER UM SALÁRIO MELHOR:

SOLDO - valor não pode ser inferior ao do salário mínimo vigente.

Quem está na PMERJ e no CBMERJ merece ter um soldo (salário básico) digno e condizente com as responsabilidades da profissão.

Policiais Militares do Rio merecem uma melhor remuneração, ou seja, uma remuneração a altura da atividade que exercem.

PM do Rio merece 100% de aumento salarial!

Policiais Militares colocam suas vidas no dia a dia para que sejam mortas ou mutiladas pelos cidadãos desesperados ou não, na busca de lucros fáceis e desonestos, seja por incompetência própria, por ganância ou porque o Governo não é competente para gerir empregos dignos para que essas mesmas pessoas possam exercer atividades dignas.

O combate corpo a corpo com os delinqüentes que assolam a sociedade está valendo tão pouco que o soldo do PM está abaixo do salário mínimo. Vergonha!

O soldo (vencimento base) deve, pelo menos, alcançar o valor do salário mínimo. Caso contrário, o Governo do Estado do RJ está desrespeitando a Constituição Federal!

A própria lei diz que o Policial não pode freqüentar ambientes duvidosos, a não ser para investigar, sob pena de ser punido e a sociedade exige do mesmo um comportamento, que sequer, cobram de seus parlamentares, representantes do povo.

Se o Estado (sociedade) exige do PM comportamento diverso daqueles a quem ele combate, que paguem ao mesmo um salário digno.

Policiais Militares não querem salário para ficar rico, pois se quiséssem ficar rico, seriam traficantes, contrabandistas ou parlamentares desonestos.

PM quer ser Servidor Público Estadual para que sirva de exemplo para seus filhos, para seus netos, para seus afilhados, para a sociedade que o paga.

PM quer sim, que seu salário seja digno, para que, com dignidade possa exercer seu sacerdócio e sua missão:

SER POLICIAL MILITAR, ORGULHO DA NAÇÃO FLUMINENSE.

Anônimo disse...

O BRASIL NÃO PRECISA DE FORÇAS ARMADAS NEM DE POLÍCIAS. PERGUNTEM AOS IDIOTAS SE NÃO É ISTO QUE ELES ACHAM?

Anônimo disse...

Governador do Rio, Sérgio Cabral, liberou verba para o Carnaval 2008.
E a PMERJ? Fica na mesma?

Operação-padrão: Consiste em seguir rigorosamente todas as normas da atividade, o que acaba por retardar, diminuir ou restringir o seu andamento. É uma forma de protesto que não pode ser contestada judicialmente, sendo muito utilizada por categorias sujeitas a leis que restringem o direito de greve, como as prestadoras de serviços considerados essenciais à sociedade, por exemplo.

Anônimo disse...

OFICIAIS DA PMERJ PRECISAM LUTAR PELA VALORIZAÇÃO DO SERVIÇO POLICIAL MILITAR.

A FARDA TEM QUE SER VALORIZADA PARA SER RESPEITADA.

OS INIMIGOS DA CORPORAÇÃO ESTÃO DENTRO DA PRÓPRIA CORPORAÇÃO!

Anônimo disse...

Mas era óbvio que a produção iria cair! Alguém vai produzir ganhando tão mal?
Não houve nenhum investimento em Segurança Pública na Administração Cabral.
Para cobrar resultados, é preciso pagar muito bem!
PM deve ter um salário inicial em torno de R$4.500,00 (quatro mil e quinhentos reais) por mês.
A Polícia Militar deveria ser um setor privilegiado do funcionalismo público. Profissionais tem que ser valorizados para que a sociedade possa cobrar dos mesmos o resultado esperado.
SEM INVESTIMENTO NÃO HÁ RESULTADO!

Anônimo disse...

Bicentenário da PMERJ
PROJETO 200 ANOS - VAMOS VALORIZAR NOSSOS POLICIAIS!

No dia 13 de maio de 2009, a gloriosa, heróica e amada Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro completará duzentos anos de criação.

AINDA HÁ TEMPO DE FAZER UM GOVERNO INOVADOR E, QUEM SABE, ATÉ MESMO, DE FAZER A DIFERENÇA.

O Policial Militar, para exercer bem a sua função, não pode morar em favela!
PM não pode ser vizinho de bandido! O Governo do Estado tem que INVESTIR!

Anônimo disse...

Quanto é o salário de 2o tenente do CBMERJ?